Aprenda a combinar queijos e vinhos

A harmonização de queijos e vinhos é tradicional e nem sempre tão simples de ser feita. Um exemplo é a combinação de queijos fortes com vinhos, geralmente o gosto concentrado de um sobressai o gosto refinado do outro. Para te ajudar, o Bololô traz alguns princípios de combinações e regrinhas básicas de textura e sabor.

shutterstock_109367993

Disposição dos queijos

Uma maneira requintada de servir os queijos é distribui-los sobre tábuas. Não fatie ou corte em pedaços, deixe que cada convidado faça isso. Não se esqueça de deixar um tipo de faca para cada tipo de queijo, para não misturar os sabores.

Complemente com outros alimentos

Pães e frutas são complementos ideais e sempre bem-vindos. Eles ajudam a limpar o paladar para experimentação de novos sabores e combinam com boa parte dos queijos. Aposte em uvas, maçãs e frutas secas, sem se esquecer da água.

Combinações de vinhos e queijos

Queijos azuis

Feitos a partir da maturação de fungos, como o gorgonzola, combinam com vinhos mais doces, que quebram o sabor forte e salgado. Escolha um tinto, um branco, ou vinho do Porto. O Roquefort cai bem com Sauternes, o inglês Stilton faz combinação clássica com o Porto e o gorgonzola combina com tintos potentes.

 shutterstock_59020231

Queijos frescos

Queijos frescos e sem casca, como os cremosos, o mascarpone ou a mozarela combinam com vinhos brancos leves, como o riesling ou chardonnay, ou vinhos rosés, acompanham bem mussarela ou mascarpone.

shutterstock_102357877

Queijos de massa mole

Vinhos tintos de classe e mesmo brancos parecem insinuar sua adequação com queijos macios, de casca rica, como Cammembert, Brie e Gouda, desde que não muito curados.

 shutterstock_49603477

 Queijo de cabra

Vinhos brancos leves e aromáticos combinam com queijos de massa mole, tais como os frescos de cabra e a ricota. Você pode combiná-los com um Chardonnay, rosés ou tintos jovens e frescos, como o Beaujolais francês e o italiano Bardolino.

Serra da estrela

O famoso queijo português feito com leite de ovelha pode ser combinado com um vinho do Porto ou com outros do mesmo país, sempre tintos.

Parmesão e grana padano

Os queijos mais duros e geralmente usados como complementos em refeições, como o parmesão, combinam com vinhos robustos tipo pinot gris ou pinot grigio.

Suíços

De paladar fácil, costumam agradar a todos. As melhores companhias são vinhos brancos doces, como os chardonnays. Mas é possível servir também com pinot noir ou vinhos da região da Borgonha, sejam tintos ou brancos.

 shutterstock_6302713

Fondue

Prefira os brancos ácidos, como os suíços, gregos, austríacos ou os feitos com a uva sauvignon blanc da Nova Zelândia.

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *