Receitas do Chef: bacalhau rápido e fácil para a Páscoa

Hoje o Bololô traz uma receita rápida e fácil para transformar seu cardápio da sexta- feira Santa em um verdadeiro cardápio de restaurante!

1

O Bacalhau se tornou uma tradição no período da Semana Santa. A igreja católica recomenda aos fiéis que se abstenham de carne durante a Quaresma, para agradecer o sacrifício de Cristo pela humanidade. Entretanto, a tradição atualmente mudou e sugere que a carne vermelha seja evitada apenas na sexta-feira santa.  

 

Qual a origem do Bacalhau?

Cinco espécies marinhas podem ser vendidas com o nome de bacalhau. Entretanto, existe o chamado “bacalhau legítimo”, o peixe “Gadus morhua” considerado o melhor de todos, também é conhecido como bacalhau do Porto, referência à cidade portuguesa, apesar de não existir bacalhau em águas lusitanas.

3

 

Por que Bacalhau na sexta-feira Santa?

A Igreja Católica tinha um calendário rigoroso em relação ao jejum, nas datas religiosas a carne vermelha chamadas de carnes “quentes” eram proibidas, já o bacalhau era considerado “frio”, esse jejum correspondia a mais de um terço do ano sem comer carne, por isso a forte identificação religiosa. 

Conforme os anos, esse calendário rigoroso foi sendo desfeito, mas continua forte a tradição do bacalhau, principalmente na Páscoa para a religião Católica.

 

A Semana Santa

A Semana Santa é conhecida desde os primeiros séculos cristãos, no século IV essa semana especial chamava-se Hebdomada paschalis (semana pascal), no século seguinte passou a se chamar semana Autêntica, isso em Roma. No Oriente chamava-se semana Maior e nesse mesmo tempo surgiu o nome Semana Santa.

Muitas pessoas passavam dias sem provar nenhum alimento, em algumas igrejas esse dias eram de descanso para os servos e escravos. Haviam vigílias solenes de orações e leituras, com celebração da eucaristia. Mas, no tempo dos apóstolos a semana santa era celebrada apenas em dois dias, sexta-feira e sábado de jejum rigoroso em preparação para o domingo da ressurreição de Cristo.

4

 

Domingo de Ramos

A semana anterior à Páscoa é considerada como Semana Santa. Esta semana tem início no Domingo de Ramos que marca a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém.

Sexta-feira Santa

Nesse dia apresenta o drama da morte de Jesus Cristo no Calvário. Não se celebra a missa neste dia em todo o mundo, e o altar é iluminado sem cruz e sem velas.  Em respeito, nesse dia não se come carne.

Sábado Santo

Toda a igreja em respeito a morte de Jesus permanece em silêncio e meditação, uma forma de acompanhar a ressurreição. À noite acontece uma vigília pascal, onde os cristão passam a noite rezando.

Domingo de Páscoa

Esse dia é o ápice do ano litúrgico. Todo igreja se reúne comemorando a ressurreição de Jesus Cristo e a vitória sobre a morte. Essa ressurreição simboliza uma vida nova e iluminada. Por isso que a Páscoa é o renascimento.

 

Para uma refeição saborosa, rápida e fácil!

Nos dias de hoje parar para cozinhar pratos complexos acaba sendo algo quase impossível, devido a correria do dia a dia. Foi pensando nisso que o Bololô reservou um prato rápido e fácil para que no aconchego da sua casa você faça aquele bacalhau tradicional e possa convidar seus amigos e familiares.

2

Bacalhau à Moda Antiga

Ingredientes

1 kg de bacalhau fresco em postas

1 litro(s) de leite

1 kg de batata em rodelas

1 litro(s) de azeite de oliva

1 unidade(s) de cebola em rodelas

2 dente(s) de alho amassado(s)

8 folha(s) de hortelã picada(s)

Como fazer

Retire as postas de bacalhau da água.

Esquente o leite numa panela e cozinhe o bacalhau muito rapidamente, durante dois ou três minutos. Retire as postas com bastante cuidado para que elas não se desfaçam. Se possível, use uma espátula.

Monte o prato num refratário grande ou numa cumbuca de barro vitrificado, que possa ir ao forno ou à mesa. Primeiro, disponha as rodelas de batatas. Regue generosamente com azeite de oliva. Adicione as postas e sobre elas coloque as rodelas de cebola, os dentes de alho amassados e as folhas de hortelã. Espalhe por cima quatro xícaras de café do leite no qual o bacalhau foi aferventado. Esquente o forno em torno de 200 graus.

Leve o refratário ao forno por trinta minutos. Retire e sirva.

1 Comentário para "Receitas do Chef: bacalhau rápido e fácil para a Páscoa"

Adicionar Comentário
  1. Pingback: Vinho e saúde: será que eles têm ligação? | Blog do Bololô

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *