Manual do cozinheiro de primeira viagem

Você tem vontade de se aventurar na cozinha e não sabe por onde começar?  Então o Bololô vai ajudar você a encarar facas e legumes de uma maneira mais fácil e agradável.

Diversos motivos fazem com que surja a necessidade de cozinhar, seja para agradar alguém, receber amigos em casa ou por uma simples questão de sobrevivência.  Cozinhar é uma habilidade muito importante e certamente você vai descobrir que não é tão difícil quanto parece.

Para fazer um prato saboroso não é necessário muito: alguns ingredientes, um pouco de criatividade e vontade de aprender são suficientes. Não vai demorar muito para você deixar de se intimidar com o livro de receitas e possivelmente vai chegar o momento em que passar um tempo na cozinha se tornará prazeroso.

O Bololô deixa dicas fundamentais para você que deseja dar os primeiros passos na cozinha.

shutterstock_115103824

A simplicidade como aliada

Nas suas primeiras tentativas, a dica é não se arriscar muito e querer ser o “Mestre Cuca”. Evite preparar pratos com receitas difíceis de serem executadas, pois a chance de alguma etapa dar errado é grande. Prefira começar com pratos simples, fáceis e rápidos.

Algumas opções para você que quer começar a se aventurar no fogão é iniciar com omeletes, farofas e arroz. Treine bastante, teste os sabores e quantidades e então, quando a confiança aumentar, comece a selecionar receitas mais elaboradas.

shutterstock_93350422

Glossário para cozinheiros iniciantes

Certas palavras fazem parte da vida de todo bom cozinheiro. Mas como ninguém nasce sabendo, o Bololô te ajuda a com os termos mais usados. Vamos lá?

– Refogar: é a mistura de um ou vários temperos fritos em gordura quente.

-Dourar: é quando você tosta ingredientes em pouca gordura até adquirirem cor dourada.

– Cozinhar no vapor: existem panelas especiais, divididas em duas seções, projetadas para esse fim. Na parte de baixo você coloca a água e na parte superior encaixa outra panela parecida com o escorredor de macarrão. Nesta última serão colocados os ingredientes para cozinhar no vapor.

– Flambar: é quando você despeja sobre os ingredientes uma dose de bebida alcoólica e ateia fogo para diminuir o teor alcoólico.

– Banho-maria: consiste em esquentar ou preparar uma receita, sem que os ingredientes tenham contato direto com o fogo, mas recebam calor.

– Empanar: envolver as carnes, peixes em ovos batidos e depois em farinha de rosca ou trigo, antes de fritar.

– Untar: passar óleo, manteiga, azeite ou outro tipo de gordura em uma panela ou assadeira.

Escolha bons utensílios

Quando for escolher seus instrumentos de trabalho na cozinha, prefira peças de qualidade. Mesmo que tenham um custo maior, elas têm mais durabilidade se comparadas com produtos de qualidade inferior.

Alguns itens são indispensáveis e não podem faltar na sua cozinha, vamos a eles: espátula de silicone, colher de pau, rolo de macarrão, assadeira, uma panela de inox para cozidos, uma frigideira para frituras e grelhados, tábua de cortar e uma boa faca. Cada utensílio tem que ser utilizado para uma determinada técnica na cozinha.

Está faltando algo? Então confira as ferramentas essenciais para uma cozinha bem equipada no site do Bololô e faça já sua listinha: http://www.bololo.com.br/ferramentas-do-chef

shutterstock_121354381

Ingredientes que não podem faltar na cozinha

Bons cozinheiros costumam ter um estoque permanente de alguns ingredientes. Em caso de receber visitas de surpresa ou se bater aquela inspiração, esse kit básico pode te salvar. Além de açúcar, manteiga, ovos, farinha de trigo, os temperos são parte fundamental da cozinha.

Para alcançar um excelente resultado, selecione mantimentos de qualidade, isso fará toda a diferença no preparo do seu prato. Escolha carnes, frutas e vegetais fresquinhos.

E não esqueça: na cozinha todos os elementos podem ser bem aproveitados. Por isso, evite o desperdício e reaproveite o que sobrar. Geralmente o resto dos alimentos é ótimo para fazer molhos e caldos para risotos, cozidos ou sopas.

shutterstock_59530873

Curiosidade é fundamental

Para um cozinheiro de primeira viagem, ler e interpretar receitas é importante. Para isso, conte também com a ajuda de vídeos e imagens com o passo a passo do preparo do prato escolhido. Seja persistente e não fique desmotivado se algo falhar. Os erros são essenciais para que você aperfeiçoe suas técnicas e adquira mais habilidade para fazer pratos deliciosos.

E então? Preparado? Então corra para a cozinha e surpreenda!

 

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *