Como combinar cerveja e petiscos

A cerveja, bebida queridinha do Brasil, complementa perfeitamente os petiscos, isso se combinados de forma certa. Com o tempo, da mesa de bar, sem frescuras, a cerveja foi sendo levada a lugares mais sofisticados e ganhando variedades de estilos e sabores.

shutterstock_86963038

É possível casar cervejas com pratos por contraste, como comidas mais gordurosas e cervejas mais ácidas e amargas. Também dá para combinar por similaridade, caso de comidas concentradas com cervejas de sabor intenso e alto teor alcoólico. Entre as cervejas há características que ajudam buscar a compatibilidade com os alimentos:

– O tipo de malte: influencia na intensidade do sabor. Como a dark ale, com alto teor de fermentação, ou menos, como o usado em uma amber lager, com sabor predominante de malte tostado, variando o amargo de uma cerveja pra outra.

shutterstock_24239965

– A quantidade de lúpulo (ingrediente que dá o sabor amargo à cerveja): Nessa classificação, o amargor da india pale é considerado acentuado. Isso porque o estilo foi inventado para atender às necessidades dos colonos ingleses da Índia, que precisavam de muito lúpulo e malte para aguentar a viagem de navio. Já a weizenbock ou a Vienna são tidas como pouco amargas.

– O teor alcoólico: cervejas com alto teor alcoólico vão bem com pratos mais intensos, tanto no sabor quanto na sustância. Os dois não podem brigar nem roubar a cena um do outro. Receitas delicadas devem ser acompanhadas por cervejas de sabor igualmente sutil. Preparações mais fortes pedem uma cerveja cheia de personalidade.

Para facilitar a combinação, pense em cervejas claras e leves como vinho branco, elas geralmente vão bem com peixes. Já as cervejas escuras e robustas como vinho tinto, combinando com carnes marcantes. De forma geral, doce combina com doce, ácido combina com ácido. Todas essas regras têm exceções! Quebre-as sem cerimônia! Experimente à vontade e crie suas harmonizações.

shutterstock_87488206

Dicas de Petiscos

Queijos

– Queijo fresco – pilsen, amber lager

– Queijos azuis (como gorgonzola e roquefort) – india pale ale, strong golden ale, bière brut, weizenbock

– Queijo Stilton – barley wine

– Queijo de cabra e Serra da Estrela – hefeweizen, wezenbier, weizenbock

– Queijos macios – pilsen, weizenbier, kölsch

– Queijos duros – stout, pale ale, dunkel, pilsen, weizenbock, barley wine

– Queijos defumados – porter

shutterstock_103262408

Amendoins e castanhas

São petiscos com sabores delicados e certa oleosidade. Cervejas mais sutis ou adocicadas são boas sugestões, tais como: Light lager, amber lager, dark lager, bock, strong ale.

shutterstock_88318519

Frituras

A fritura interfere na harmonização, mas a gordura e a crocância dos pratos imersos em óleo ou azeite são mais determinantes. Pastéis fritos e batatas fritas combinam mais com a pilsen clássica ou uma amber lager, já o frango a passarinho e iscas de peixe, por exemplo, vão bem com a british-style bitter.

shutterstock_110402867

Sobremesas

– Sobremesas com chocolate – strong dark beer, stout, porter, belgian strong ale

– Bolos simples (de cenoura, de laranja) – india pale ale

– Doce de leite – imperial porter

– Cheesecake e pudim – fruit lambic, atrong ale

shutterstock_98076056

 

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *