Categoria: Receita do Chef

O QUE FAZER PARA SEU FILHO NAS FÉRIAS!!!

As férias chegaram e com isso a aumentou a necessidade de ser criativo(a) na cozinha pra satisfazer a fome e os desejos dos seus filhos, certo?

O Bololô resolveu então lhe dar dicas de receitas rápidas e que as crianças amam, o que significa poder repeti-las várias vezes durante o mês de férias.

MILKSHAKE DE OVOMALTINE E BOMBOM

receita-de-milshake-ovomaltine

Ingredientes
100ml de Leite
2 Colheres (sopa) de Ovomaltine
2 Colheres (sopa) de Leite em Pó
3 Bolas de Sorvete de Chocolate
3 Bolas de Sorvete de Creme
1 Bombom Picado

Instruções
No liquidificador adicione 100ml de Leite, 2 Colheres de Sopa de Ovomaltini, 2 Colheres de Sopa de Leite em Pó, 3 bolas de sorvete de chocolate e 3 bolas de sorvete de creme.
Bata bem usando a tecla pulsar e sirva em um copo alto, decore com o bombom picado, coloque o canudo e aproveite.

MOUSSE DE MARACUJÁ COM CHOCOLATE

receita-dueto-maracuja-brigadeiro-hm

Ingredientes
2 Latas de Creme de Leite
1 Lata de Leite Condensado
1 Envelope de Gelatina Sem Sabor
1 Xícara (chá) de Suco Concentrado de Maracujá
200g Chocolate Meio Amargo

Instruções
Comece a receita com o preparo do ganache, para isso derreta o chocolate no micro-ondas mexendo sempre de 30 em 30 segundos até que o chocolate esteja completamente derretido.
Adicione 1 (uma) lata de creme de leite em temperatura ambiente e misture delicadamente até ficar tudo homogêneo e reserve por 30 minutos em temperatura ambiente ou na geladeira por uns 15 minutos.
No liquidificador ou com um fuê misture 1 lata de creme de leite, 1 lata de leite condensado e 1 xícara de chá de suco de maracujá concentrado (aqueles de garrafinha).
Hidrate a galantina conforme instruções do fabricante e adicione a mistura da mousse e misture bem.
Em taças individuais coloque cerca de 1 colher de ganache e complete com o mousse de maracujá, leve para gelar por pelo menos 2 horas e sirva.

PICOLÉ DE FRUTAS CASEIRO

sorvete_frutas_caseiro

Ingredientes
Suco Pronto de Laranja com Soja
Suco Pronto de Morango com Soja
Iogurte de Coco
Frutas Picadas (Banana, Kiwi, Melão, Morango)
Coco Ralado Grosso Sem Açucar
Copinhos de Café ou Cachaça
Palitos de Sorvete

Instruções
Higienize e corte as frutas em pequenos pedaços (escolha frutas macias como banana, manga pois dão maior cremosidade ao picolé).
Coloque as frutas nos copinhos e pressione com os dedos para compactar.
Adicione o suco até cobrir todas as frutas. (Para salada de frutas use laranja, para morango use morango)
Coloque o palito e leve para o congelador.
Para fazer o de iogurte coloque a fruta ou coco ralado no copinho e adicione o iogurte, coloque o palito e leve para congelar.

ENROLADINHO DE SALSICHA

enroladinho_salsicha

Ingredientes
5 Xícaras (chá) de Farinha de Trigo (600g)
1½ Xícara (chá) de Água morna
½ Xícara (chá) de Óleo
2 Colheres (sopa) Açúcar
½ Colher (sopa) Sal
2 Colheres (sopa) de Orégano
30g Fermento Biologico Fresco
25 Salsichas cortadas ao meio
1 Ovo

Instruções
Pré aqueça o forno a 180º C
Dilua o fermento com o açúcar até formar uma pasta, junte o óleo e o sal e misture bem.
Em um recipiente coloque a farinha e junte a mistura de fermento, óleo e sal misture um pouco e adicione a água morna aos poucos misture até ficar bem incorporado.
Adicione o orégano e utilize as mãos para sovar a massa um pouco apenas para misturar tudo bem e a massa se desprender da mão.
Faça pequenas bolinhas e disponha na mesa, quando terminar comece a abrir da primeira. Você pode abrir na palma da mão ou com um rolo.
Após a massa aberta coloque a salsicha (seca e crua) e feche a massa, se desejar coloque uma gota de catchup.
Disponha em uma assadeira untada com manteiga ou óleo, bata ligeiramente o ovo e pincele para deixar sobre os enroladinhos.
Leve para o forno a 180º C por 20 minutos.

PIZZA DE FRIGIDEIRA

pizza-de-frigideira-f8-14630

Ingredientes
2 xícaras (chá) de trigo
½ xícara (chá) de leite
1 ovo
½ colher (sopa) de fermento químico em pó
1 pitada de sal

Instruções
Em um recipiente misture a farinha de trigo, leite, fermento em pó e o ovo, misture com a ajuda de uma colher até ficar uma massa grossa, assim que ficar difícil misturar com a colher, use as mãos e sove um pouco se estiver grudando na mão adicione farinha aos poucos e continue sovando, o ponto da massa é quando ela não grudar mas nas mãos.
Divida a massa em 4 partes e faça bolinhas, em uma superfície lisa e limpa polvilhe farinha de trigo e com a ajuda de um rolo de macarrão ou garrafa abra os discos do tamanho da sua frigideira.
Aqueça a frigideira e coloque 1 fio de azeite, abaixe o fogo e coloque a massa para fritar, quando começar a dourar é hora de virar e desligar o fogo.
Com o fogo desligado faça a montagem com massa de tomate e seus recheios preferidos (não exagere), ligue o fogo novamente na chama baixa e tampe a frigideira para abafar e derreter o queijo.

A ARTE DE TEMPERAR

Conhecer técnicas de culinária é indispensável, sem dúvidas.

Mas o grande segredo na hora de preparar um prato é o tempero. Ervas e especiarias sempre dão um toque muito especial e pessoal ao prato. Mesmo o frango, por exemplo, pode ter sabores e até mesmo aparências completamente diferentes, dependendo dos condimentos utilizados. Aproveite as dicas abaixo e aventure-se no uso dos temperos. Aos poucos, você descobrirá as delícias de dar o seu toque à comida.

Temperos mais comuns

Alecrim
O aroma inebriante do alecrim penetra com facilidade em carnes brancas e vermelhas. Vai muito bem com pão e azeite. Pode ser usado para temperar saladas também.



Cebolinha
Com a salsinha, forma a dupla “cheiro-verde”, muito utlizada na culinária brasileira. Sozinha, é ideal para incrementar omeletes e sopas. Fica uma delícia polvilhada no arroz. Junte a cebolinha às receitas somente no final do cozimento de pratos quentes, assim, ela não perde o sabor, nem o perfume.


Louro
No Brasil, o louro é tradicionalmente utilizado como tempero de feijão. Ele forma par perfeito com carne de vaca ou de porco assadas ou ensopadas.


Pimenta-do-reino
Vai bem com a maioria dos alimentos. Pode ser utilizada tanto durante o cozimento, quanto para finalizar uma receita. Neste caso, prefira moer a pimenta na hora. Você pode acondicioná-la em moedores próprios para isso.



Como conservar
Condimentos devem sempre ser guardados em vidros ou potes de plástico bem fechados e de preferência dentro do armário (a luz do sol faz com que eles percam suas propriedades mais rápido). Dessa maneira, podem durar de seis meses a um ano. Temperos frescos podem ser conservados por até uma semana na geladeira, acondicionados em sacos de papel ou recipientes de plástico forrados com papel-toalha.

Compre pouco
Embora possam durar até um ano, os temperos vão  erdendo suas propriedades com o passar do tempo. Não é comum e nem recomendável usar grandes porções  eles nos pratos. Portanto, não vale a pena comprar muito para depois ter que guardar. Uma boa opção é adquirir os condimentos em feiras livres, onde são vendidos a granel (fora da embalagem).

Fresco ou seco?
Nos supermercados, é fácil encontrar as versões desidratadas de ervas como salsa, alecrim, tomilho. Mas tome cuidado: as ervas secas têm sabor diferente das versões frescas. Se optar pelo tempero desidratado, maneire na dose, porque ele é mais forte que o original. O ideal é usar 1/4 do que usaria caso a erva fosse resca. Depois você pode provar a comida e avaliar se vale a pena colocar um pouco mais.

Rale na hora
Se você ralar temperos como pimenta-do-reino, cravo ou noz-moscada apenas na hora de utilizá-los, seu sabor ficará mais acentuado.

A hora certa de
adicionar
Temperos verdes devem ser adicionados quando o prato já estiver quase pronto (a não ser que a receita indique o contrário). Se você cozinhá-los por muito tempo, o sabor e o aroma podem se alterar.

Use com moderação
Em matéria de temperos, menos é sempre mais. Quer dizer: se você usar só um pouquinho, seu prato ficará muito mais gostoso do que se puser muitos condimentos ou uma quantidade muito grande de apenas um deles. Lembre-se sempre que os temperos são para acentuar e não para alterar o sabor dos alimentos.

Mas o grande segredo na hora de preparar um prato é o tempero. Ervas e especiarias sempre dão um toque muito especial e pessoal ao prato. Mesmo o frango, por exemplo, pode ter sabores e até mesmo aparências completamente diferentes, dependendo dos condimentos utilizados. Aproveite as dicas abaixo e aventure-se no uso dos temperos. Aos poucos, você descobrirá as delícias de dar o seu toque à comida.

O frio está chegando. Que tal uma fondue?

A história da fondue

fondue (palavra feminina que significa fundido ou derretido) foi criada na Suíça em meio à Segunda Guerra Mundial. Por causa das batalhas e do inverno rigoroso, os camponeses que moravam nas regiões montanhosas não tinham como buscar mantimentos nas cidades.

Para não morrer de fome, eles aproveitavam os restos de queijo, já que eram produtores de leite e fabricavam muito queijo. Com o principal ingrediente à mão e em fartura, acabaram inventando uma comida quente, simples, saborosa e nutritiva para agüentar o frio. A mistura ficava no fogo até derreter. Os camponeses, então, mergulhavam pedaços de pão no creme, enquanto borbulhava.

A iguaria só ganhou fama na década de 50, quando o chefe Conrad Egli, do restaurante Chalet Suísse, em Nova York, passou a servir o prato. Para complementar, criou a fondue de chocolate, que servia de sobremesa.

Apesar de ter surgido de forma rústica, a fondue se tornou uma comida refinada. Isso porque os ingredientes utilizados possuem um preço um pouco elevado, como é o caso dos queijos gouda, gorgonzola, emental e gruyère.

Fondue de Carne

Escolha as carnes com textura delicada e sem gordura aparente. O filet mignon é o mais indicado por causa da sua maciez. Limpe-o bem e corte-o em cubos ou tiras. Não tempere a carne com sal antes de fritá-la, pois isso faria a carne soltar água e, conseqüentemente, o óleo iria espirrar.

Fondue de Queijos

Se você fizer fondue em casa, os queijos mais indicados são Emmenthal, Bel Pease, Cheddar, Edam, Couda, Gruyére, Provolone (deve-se misturar com Emmenthal ou gruyére).

Se a fondue engrossar, aqueça à parte um pouco de vinho (não use vinho muito doce para não empelotar) e despeje na massa sem parar de mexer.

Se a fondue ficar muito mole, junte um pouco mais de queijo ralado até a massa encorpar.

Fondue Doce

Além do chocolate, existem as opções caramelo e marshmallow.

Receita de fondue de marshmallow

Ingredientes

2 xícaras (chá) de marshmallow, 1 bolo de chocolate (não muito mole).

Modo de fazer Coloque o marshmallow em uma bandeja refratária e leve ao fogo em banho-maria por 3 minutos ou até a água ferver. Retire do fogo, transfira para a tigela da fondue e coloque sobre o fogareiro. Opte pelo fogareiro com vela embaixo e leve à mesa. Corte o bolo em pedacinhos, espete cada pedaço no garfo próprio de fondue e mergulhe no marshmallow. Se quiser variar, sirva com morangos.

Receitas típicas do Brasil – Picanha à brasileira

Picanha é preferência nacional, tanto que muitas pessoas reclamam ser difícil encontrar este tipo de corte no exterior. E para acentuar o sabor, deixar um pouco mais quente, mais brasileiro experimente a receita abaixo.

Reúna os amigos e mãos à obra.

Ingredientes
250 g de picanha maturada
100 g de batatas fritas
50g de arroz
50 g de feijão
15 g de alho
50 g de farinha
15 g de presunto
1 ovo
10 g de cebola
15 g de manteiga
1 tomates

Modo de preparo
Cortar 2 fatias de picanha no sentido diagonal e temperar com sal; grelhar ao ponto do convidado; fritar o alho laminado até que fique bem dourado; adicione sobre a picanha.

Montagem: dispor as picanhas com o alho laminado, batatas fritas, arroz branco e a farofa de presunto. Separadamente, montar o feijão carioca em uma cumbuca.

Picanha à brasileira

Gastronomia Copa do Mundo: receitas típicas do Brasil

Faltam apenas 7 dias para a Copa do Mundo e sabemos que teremos visitas de vários países.

Cada região do Brasil tem sua peculiaridade devido às diferenças de clima, relevo, tipo de solo, vegetação e povos habitando uma mesma região. Então sabemos que opção não faltará para escolher um cardápio bem gostoso para sua família se deliciar nos dias de jogos.

Aromas, Cores e Sabores do Brasil

Conheça os pratos mais famosos das cidades sediadas na Copa do Mundo no Brasil.

Manaus e a “Caldeirada de Peixe”

shutterstock_156766958

Continue lendo

Como fazer receitas práticas da Dieta de Dukan

Emagrecer saudável e sem passar fome é desejo de muitas pessoas há tempos. Hoje, isso se tornou possível e mais próximo de ser realizado com a Dieta Dukan. Ela permite perda rápida de peso em um curto período de tempo e sem fazer você sofrer! O Bololô te ajuda a deixar tudo isso mais gostoso, com receitas Dukan leves, sem deixar de ser saborosas. Hmmm…

shutterstock_130620998

Continue lendo

Receitas do Chef: bacalhau rápido e fácil para a Páscoa

Hoje o Bololô traz uma receita rápida e fácil para transformar seu cardápio da sexta- feira Santa em um verdadeiro cardápio de restaurante!

1

Continue lendo

As melhores receitas de chocolate quente

O chocolate quente é a bebida quente preferida das pessoas que gostam do doce e que desejam se aquecer quando a temperatura abaixa. Imagina então aproveitar essa delícia no aconchego de casa? É melhor ainda!! O Bololô traz receitas maravilhosas e fáceis dos melhores chocolates quentes para você se esquentar nesse friozinho que está chegando, deitado em sua cama e assistindo um bom filme. Aproveite!

shutterstock_174482939

 

Continue lendo

A receita de um dos principais pratos do Restaurant Week

A receita de um dos principais pratos do Restaurant Week.

Cozinha gourmet é no Bololô. Se você leva a culinária como uma arte, conheça a nossa Coleção Especial Restaurant Week: http://www.bololo.com.br/panelas

 

shutterstock_183480233

Continue lendo

Picolé caseiro. É fácil de fazer.

O verão de 2014 está uma coisa de louco, não é mesmo? O calor veio com tudo. A sorte é que dá para fazer picolé em casa. Não sabia? Então está na hora de aprender! Chame já as crianças para a cozinha e mãos na massa!

shutterstock_42258334

Continue lendo